Digite CPF sem traço e ponto.
Digite CPF sem traço e ponto.
1º Digite CPF sem traço e ponto, 2º Digite senha antiga, 3º Digite senha nova

NOTÍCIA

  
Previdência Social - 17/04/2017

28 de abril: ANFIP se une à convocação do Fonacate

   
28 de abril: ANFIP se une à convocação do Fonacate

O Fórum das Carreiras de Estado (Fonacate) divulgou na quinta-feira (13) Carta Aberta à sociedade conclamando as suas afiliadas e toda a classe trabalhadora a participar dos atos públicos no dia 28 de abril contra a reforma da Previdência e as medidas que precarizam as relações de trabalho no país.

Também foi iniciada campanha na rádio CBN convocando os servidores das carreiras de Estado e toda população para a greve geral dia 28.
 
Leia abaixo a íntegra da Carta Aberta:
 

CARTA ABERTA À SOCIEDADE BRASILEIRA

EM APOIO À GREVE GERAL NO DIA 28 DE ABRIL DE 2017

O Fórum Nacional Permanente de Carreiras Típicas de Estado - FONACATE, que representa mais de 180 mil servidores públicos que desempenham atribuições imprescindíveis ao Estado brasileiro, ligadas às áreas de segurança pública, fiscalização e regulação do mercado, ministério público, diplomacia, arrecadação e tributação, proteção ao trabalhador e à saúde pública, inteligência de Estado, formulação e implementação de políticas públicas, comércio exterior, prevenção e combate à corrupção, fiscalização agropecuária, segurança jurídica e desenvolvimento econômico-social, manifesta seu apoio e conclama as suas afiliadas e a toda a classe trabalhadora a participar dos atos públicos no dia 28 de abril contra a Reforma da Previdência e as medidas que precarizam as relações de trabalho no país.

A Reforma da Previdência, pautada basicamente na restrição de acesso e na redução do valor dos benefícios, terá impacto na vida de milhões de brasileiros, mas foi concebida de forma unilateral, sem o necessário diálogo com os segmentos sociais interessados. Ademais, ocorre em um contexto de falta de legitimidade e de instabilidade política, agravado ainda mais com a determinação pelo Supremo Tribunal Federal de investigação de ministros de estado, senadores e deputados federais.

Por isso, depois de quatro meses de tramitação da matéria na Câmara dos Deputados, sem que modificações efetivas ao texto original tenham sido realizadas, o FONACATE entende ser o momento de a sociedade brasileira ir às ruas e protestar contra essa brutal subtração de direitos sociais conquistados ao longo de décadas de lutas pelo aperfeiçoamento da Seguridade Social e das relações de trabalho no país.

TODOS À GREVE GERAL NO DIA 28 DE ABRIL!
  
Brasília, 13 de abril de 2017
 
FONACATE
Fórum Nacional Permanente de Carreiras Típicas de Estado
 

Album da notícia