ANFIP presente em reunião de representantes da Estadual de São Paulo

O presidente da ANFIP, Décio Bruno Lopes, participou na quarta-feira (16/10) da reunião do Conselho de Representantes da ANFIP-SP. A reunião foi conduzida pelo diretor Executivo, Walter Moraes Gallo, juntamente com demais diretores, e teve participação da Jusprev, a previdência associativa do Ministério Publico e da Justiça Brasileira, sendo representada pela diretora-presidente Antonia Lélia Neves Sanches.

Décio Lopes afirmou que está à frente de uma entidade com grande responsabilidade perante os Auditores Fiscais e que, em sua gestão, a responsabilidade é compartilhada.  “O trabalho tem que ser compartilhado. A ANFIP não se resume a dezesseis pessoas em Brasília. Se a gente quer uma entidade forte, todo mundo tem que se ajudar. A entidade é nossa”, destacou.

Nesses dois meses de gestão, o presidente explicou que está implementando uma das propostas apresentadas ainda durante a campanha eleitoral, que é a avaliação e revisão de contratos. “A gente precisa controlar o orçamento”, disse e, para isso, os contratos que permitem já estão sendo renegociados.

Sobre o Jurídico, Décio Lopes enfatizou a atuação com transparência. “Não podemos prometer que as ações serão liberadas pela Justiça, pois depende do rito dela, mas nós vamos agir com transparência para que os associados saibam exatamente o que está acontecendo”, afirmou.

Em sua participação, o presidente da ANFIP falou ainda sobre a reforma da Previdência, e as reformas já implementadas, como a que instituiu a Funpresp (Previdência Complementar dos Servidores Públicos), e sobre a Jusprev, a previdência associativa dos membros do Judiciário, aberto aos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil.

Sobre o assunto, a diretora-presidente da Jusprev, Antonia Lélia Neves Sanches, explicou toda a estrutura institucional da Previdência Associativa. “A previdência complementar veio para ficar”, disse, após delinear a linha do tempo da previdência dos servidores. A Jusprev vem para cobrir a diferença de valores que os servidores perdem com a aposentadoria, explicou a diretora. A apresentação completa pode ser conferida aqui.

A reunião na ANFIP-SP teve continuidade na quinta-feira (17/10), oportunidade em que os vice-presidentes Ariovaldo Cirelo (Serviços Assistenciais) e Maria Beatriz Fernandes Branco (Assuntos Jurídicos) apresentaram as principais decisões de suas respectivas áreas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *