Digite CPF sem traço e ponto.
Digite CPF sem traço e ponto.
Digite CPF sem traço e ponto.
Digite CPF sem traço e ponto.
NOTÍCIA
Assuntos Tributários - 04/06/2018 15:55 | Atualizado 05/06/2018 08:28

Especialistas internacionais avaliam modelo tributário brasileiro

Especialistas internacionais avaliam modelo tributário brasileiro

São 14 países, de quatro continentes, representados no evento

Foi dada a largada para o maior evento sobre tributação brasileira. O Fórum Internacional Tributário (FIT) começou nesta segunda-feira (4), em São Paulo, reunindo 20 especialistas, representantes de 14 países, de quatro continentes: África do Sul, Alemanha, Argentina, Chile, China, Dinamarca, Espanha, EUA, França, Índia, Inglaterra, México, Rússia e Suécia.

A abertura do evento foi dividida em três partes, com a presença de convidados do Fisco Federal, Estadual e municipal. Tiveram coordenação do presidente da ANFIP, Floriano Martins de Sá Neto, do presidente da Fenafisco (Federação Nacional do Fisco Federal e Distrital), Charles Alcantara, e do presidente do Sinafresp (Sindicato dos Agentes Fiscais de Renda do Estado de São Paulo), Alfredo Maraca. 

Durante a cerimônia, Floriano Sá Neto destacou a relevância do evento, que é uma oportunidade de debater a tributação brasileira no âmbito internacional. “Temos um sistema tributário totalmente desalinhado com os países desenvolvidos e em desenvolvimento. A etapa seguinte é levarmos ao debate público e para os presidenciáveis”, enfatizou o presidente da ANFIP. 

“O nosso modelo tributário não é apenas ineficiente do ponto de vista econômico, mas é cruelmente desigual”, destacou Charles Alcantara. Ele também relembrou o início do trabalho. “Nós da administração tributária, principalmente dos estados e da Receita Federal do Brasil, tomamos uma decisão corajosa, há cerca de um ano, de discutir e propor para o país um novo modelo tributário, ciente das dificuldades”, disse. 

Alfredo Maraca explicou a importância de reunir forças para discutir de forma séria a reforma tributária: “Vamos discutir esse assunto por vários ângulos, tanto econômico, quanto acadêmico e filosófico”. 

Olhar do Fisco

“Não me lembro de ter participado de um evento tão importante com tantos especialistas. Uma reforma tributária bem estruturada tem que ser feita com o olhar dos auditores fiscais do Brasil, por ser quem tem conhecimento do assunto”, destacou o superintende da 8ª Região Fiscal (RF) da Receita Federal do Brasil, José Guilherme Antunes de Vasconcelos. 

O deputado federal Arnaldo Faria de Sá (PTB/SP) afirmou que a proposta pode contar com o seu apoio na Câmara dos Deputados: “Como defendo o serviço público, acredito que vamos conseguir espaço para discutir a proposta de uma reforma tributária justa nos moldes do que conseguimos com a reforma previdenciária, que conseguimos barrar”. 

O FIT será realizado até quarta-feira (6). O intuito é conhecer as experiências dos países participantes e tirar os melhores exemplos para aplicação no Brasil. “Sairemos daqui mais sábios e mais conscientes da nossa responsabilidade para com a nação brasileira”, disse Aurora Maria Miranda Borges, presidente da Fundação ANFIP.

⇒ Acompanhe ao vivo a transmissão dos painéis no Facebook da Entidade (@anfip.nacional). As palestras são apresentadas em inglês e serão traduzidas assim que finalizado o evento. Os vídeos da manhã desta segunda-feira também estão disponíveis.

Album da notícia