Operação Plástico Quimérico desarticula organização criminosa

335

A Operação Plástico Quimérico, que aconteceu nesta quarta-feira (10/8) nos estados de Alagoas e São Paulo, cumpre 18 mandados de busca e apreensão. Os alvos são suspeitos de integrarem organização criminosa especializada em fraudes societárias e tributárias.

As ações ocorrem nas cidades alagoanas de Maceió e Palmeira dos Índios e nas cidades paulistas de Cajamar, Jundiaí, Guarulhos, São Bernardo e São Paulo.

A pedido do Ministério Público, o Judiciário alagoano determinou o bloqueio de contas-correntes de pessoas físicas e jurídicas no valor total inicial de mais de R$ 9 milhões, além de bens móveis e imóveis.

As fraudes decorreram da emissão de mais de 5,5 mil notas fiscais no valor aproximado de R$ 76 milhões, por meio de pelo menos cinco empresas de fachada.

Fonte: Receita Federal