Entidades reúnem-se com deputado Cleber Verde (MDB/MA), autor da PEC Social

211

Em reunião que aconteceu no Mosap, nesta terça-feira (19/3), a ANFIP e demais entidades classistas agradeceram o apoio que o deputado Cleber Verde (MDB/MA) tem dado no sentido de acabar, gradativamente, com a contribuição previdenciária de servidores aposentados e pensionistas.

A ANFIP esteve representada pelo presidente Miguel Nôvo, que participou virtualmente, pelos vice-presidentes Tereza Liduína Santiago Félix (Aposentadorias e Pensões) e Antonio Carlos Silveira (Administração, Patrimônio, Cadastro e Tecnologia da Informação), e pela assessora especial da Presidência, Maria Aparecida Fernandes Paes Leme.

Inicialmente, o presidente Edison Haubert ressaltou que a PEC Social é uma grande conquista dos aposentados e pensionistas e agradeceu o empenho dos dirigentes pela coleta das 175 assinaturas de parlamentares para apresentação oficial da proposta. “Agora vem outra etapa. Nosso objetivo é apensar o texto à PEC 555, mas estamos aguardando o deferimento da solicitação, que já foi apresentada pelo deputado Cleber Verde ao presidente da Câmara, deputado Arthur Lira”, esclareceu.

Cleber Verde, na ocasião, fez uma exposição sobre a PEC Social e apontou as novas estratégias para abordagem dos líderes partidários na Câmara. “Obtivemos um grande avanço que foi protocolar a PEC Social, que recebeu o número 6/2024. A próxima etapa do trabalho parlamentar é focar na apensação da mesma à PEC 555/2006, que se encontra pronta para votação no plenário da Câmara desde 2010”.

O parlamentar aproveitou para agradecer às entidades e ao Mosap pela exitosa parceria. “Essa não é uma proposta só do Mosap ou da ANFIP, por exemplo, não é apenas minha, é uma proposta que congrega todos os movimentos. Estamos há muito tempo aguardando uma ação concreta do Legislativo e do próprio governo, principalmente à essa causa, que é muito legítima”, destacou o congressista.

Cleber Verde informou que terá reunião com o presidente Arthur Lira (PP/AL) ainda nesta semana e ressaltou a importância de um esforço concentrado do Mosap e entidades classistas para conseguir o objetivo de apensação e, por conseguinte, a indicação do relator da matéria.

Além do trabalho do Congresso Nacional, as entidades acordaram que também vão intensificar o contato com os parlamentares nos estados, a fim de garantir que a PEC Social seja aprovada e implementada o mais rápido possível, para corrigir essa injustiça que se arrasta há anos contra milhões de brasileiros que tanto contribuíram para o desenvolvimento da nação.