Carreiras manifestam apreensão com interferência política em instituições de Estado

270

Entidades que compõem o Fórum Nacional das Carreiras Típicas de Estado (Fonacate), entre elas a ANFIP, assinam nota pública manifestando apreensão com os fatos narrados nesta sexta-feira (24), pelo então ministro da Justiça, Sérgio Moro, que denunciam execrável tentativa de ingerência política em instituição republicana altamente respeitada pela sociedade brasileira, como é o caso da Polícia Federal.

“As gravíssimas acusações contra o presidente da República, que teria expressado diretamente a intenção de interferir na autonomia da Polícia Federal, seja buscando acesso a relatórios de inteligência e a investigações sigilosas, seja tentando indicar titulares para as Superintendências no Rio de Janeiro e em Pernambuco, além de outras imputações que, em tese, configuram crimes de responsabilidade e comuns, ensejam a mais rigorosa apuração das autoridades competentes”, destaca o documento.

Confira abaixo a nota na íntegra.

Nota Pública Fonacate 24_04