União Gaúcha debate estratégias de mobilização contra a Reforma Administrativa

353

Na manhã desta segunda-feira (7/6), a ANFIP, representada pelo assessor de Estudos Socioeconômicos, Vilson Antonio Romero, participou de mais uma reunião da União Gaúcha em Defesa da Previdência Social e Pública, formada por entidades representativas dos servidores públicos federais, estaduais e municipais de toda a região Sul.

A reunião foi realizada em formato virtual e teve como objetivo a atualização dos participantes acerca da atual conjuntura política e da tramitação da PEC 32/2020 no Congresso, bem como o alinhamento de estratégias de mobilização contra a Reforma e em defesa dos interesses dos servidores e da população brasileira.

A reunião foi coordenada por Filipe Leiria, presidente da União; Celso Malhani, coordenador da Equipe Parlamentar do Fórum Nacional das Carreiras de Estado (Fonacate); e Vilson Romero, também diretor da Agafisp, Estadual da ANFIP no Rio Grande do Sul.

Tramitação

A admissibilidade da Reforma Administrativa foi aprovada no dia 25/5 por parlamentares integrantes da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) da Câmara dos Deputados, e agora segue para uma Comissão Especial, que analisará o mérito, antes do encaminhamento do texto ao Plenário e, posteriormente, ao Senado Federal.

Diante das indicações de parlamentares dos partidos, a Frente Gaúcha deliberou atuar sobretudo nas redes sociais e, quando possível, presencialmente, na articulação com os parlamentares envolvidos. A intenção é convidá-los a participarem de diversos debates com os movimentos e a sociedade civil, a fim trazer o tema a público e conscientizar a todos sobre os prejuízos da Reforma ao país.

O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), marcou a primeira reunião da Comissão com as lideranças para esta terça-feira (8/6), para definir o cronograma e iniciar os trabalhos na Casa, que serão acompanhados de perto pela ANFIP e pelas demais entidades de classe.