A ANFIP em defesa dos Auditores Fiscais, da Administração Tributária e de uma sociedade justa e solidária

384

A gestão do biênio 2022-2023 da ANFIP teve início nesta segunda-feira (3/1), com o objetivo de cumprir as diretrizes aprovadas pela XXVIII Convenção Nacional e referendadas pelo eleitorado.

A atuação se direcionará às mais de 20 mil pessoas, entre associados integrantes da Carreira da Administração Tributária e Aduaneira da Receita Federal do Brasil (RFB) e seus familiares, que dependem da ANFIP e do sucesso na gestão da entidade.

O atual mandato se compromete com as seguintes premissas em defesa de seus representados:

1. Trabalho incessante pela recuperação das perdas salariais da categoria como um todo, em especial, defendendo a paridade entre ativos, aposentados e pensionistas.

2. Atuação intensiva e denodada pelo julgamento, pela agilização da execução e respectivo pagamento das ações judiciais transitadas em julgado, com cobrança de trabalho eficaz das bancas de advocacia e resolução imediata das parcelas incontroversas.

3. Contato direto e constante com o quadro social nas bases regionais, de forma presencial ou virtual, prestando melhores serviços, promovendo a integração, participação e congraçamento e dando atenção redobrada aos milhares de associados, familiares e dependentes.

4. Busca pela melhoria do atendimento e consolidação dos planos de saúde (Geap Fundação de Assistência ao Servidor Público, Sistema Unimed e correlatos), permitindo assistência médica e odontológica de qualidade ao quadro social, a custos razoáveis.

5. Debate propositivo da reforma tributária, combatendo a regressividade atual do sistema, a desoneração da folha de salários e defendendo a autonomia das administrações tributárias federais, estaduais, municipais e distrital.

6. Atuação participativa e integrada nos diversos coletivos de trabalhadores da iniciativa privada e do serviço público, ativos, aposentados e pensionistas, combatendo reformas restritivas de direitos.

7. Ampliação do Plano de Vantagens, com a maior e melhor oferta de convênios, bens, produtos e serviços nas mais diversas áreas, tais como de veículos, seguros, turismo, farmácias e outros, com descontos efetivos que proporcionem vantagem aos associados.

8. Consolidação do serviço de Ouvidoria da Entidade, com canais digitais de constante e ágil retorno às demandas do quadro social.

9. Defesa incondicional pela manutenção das prerrogativas, competências, atribuições e direitos dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil, incluindo a busca por melhores condições de trabalho e incentivo à capacitação profissional.

10. Prioridade no trabalho em defesa da Seguridade Social, da Previdência Social e de todo o sistema de proteção social brasileiro, bem como dos princípios de justiça tributária e fiscal que atendam aos interesses da cidadania brasileira.

É com muito trabalho, responsabilidade, dedicação e profissionalismo que os novos representantes atuarão nos próximos dois anos, lutando pelo sucesso da categoria e da Associação. Certamente não será fácil, mas os desafios serão enfrentados com excelência, foco e trabalho em equipe.

A ANFIP se coloca à disposição para ouvir as críticas, sugestões e dúvidas dos associados, que podem ser endereçadas ao Conselho Executivo pelo e-mail ouvidoria@anfip.org.br.

Confira aqui a composição dos novos Conselhos.