ANFIP articula trabalho parlamentar contra PEC 32/2020 em reunião da Diretoria da ANFIP-SP

349

A ANFIP-SP – Associação dos Auditores-Fiscais da Receita Federal do Brasil em São Paulo – realizou na terça-feira (31/8) a reunião mensal da Diretoria, com a participação do assessor de Estudos Socioeconômicos da ANFIP, Vilson Antonio Romero, que abordou a tramitação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 32/2020, referente à Reforma Administrativa, de autoria do Poder Executivo.

Romero lamentou o fato de não ter acesso ao parecer do relator Arthur Maia, deputado federal pelo DEM da Bahia. A promessa era de que a apresentação fosse realizada na segunda-feira, porém o documento foi protocolado após a participação de Romero na reunião da ANFIP-SP.

Durante a reunião, Romero ressaltou a importância do Estado de São Paulo para o trabalho parlamentar junto aos deputados da Comissão Especial. “O Governo precisa de 24 votos para dar continuidade à tramitação. Precisamos virar, pelo menos, cinco votos de deputados favoráveis”, explicou, ao referenciar que, caso seja aprovada, a PEC seguirá para votação em dois turnos no Pleno da Câmara. São necessários 308 votos favoráveis para aprovação e encaminhamento da matéria ao Senado.

Os deputados paulistas membros da Comissão Especial estão divididos da seguinte maneira em relação ao prosseguimento da PEC 32/2020.

A favor:
Alex Manente (CIDADANIA-SP)
Capitão Augusto Rosa (PL-SP)
Coronel Tadeu (PSL-SP)
Kim Kataguiri (DEM-SP)
Samuel Moreira (PSDB-SP)

Contra:
Alencar Santana (PT-SP)
Paulo Pereira da Silva (SD-SP)
Rui Falcão (PT-SP)
Sâmia Bomfim (Psol-SP)

Onda digital – Romero recomendou que a ANFIP-SP trabalhe em conjunto com outros coletivos de servidores contrários à Reforma Administrativa, como o Fonacate, no intuito de chamar atenção do maior número possível de parlamentares nas redes sociais.

“Enquanto não for possível vir a Brasília, precisamos fazer o trabalho parlamentar nas bases, focado nos perfis do Twitter e Instagram destes deputados favoráveis à PEC. Temos de gerar engajamento”, indicou Romero.

A ANFIP elaborou um material sobre o trabalho parlamentar nas redes sociais, com informações sobre a PEC 32/2020 e formas de abordagem junto aos deputados federais. O Estado de São Paulo, por exemplo, tem 70 ao todo. “Vamos dispor de alguns minutos para ler o material e fazer a nossa parte”, complementou o assessor.

BAIXE O MATERIAL

Manual Digital de Trabalho Parlamentar

Guia do Trabalho Parlamentar nas Redes Sociais

Confira AQUI live da ANFIP sobre o material.

 

Fonte: ANFIP-SP