A pandemia ainda não acabou; cuide-se!

1283

Passado um ano de pandemia, o Brasil enfrenta um de seus momentos mais críticos. Os órgãos de Saúde mostram, diariamente, que os casos de contaminação e mortes em decorrência da covid-19 têm aumentado em vários estados brasileiros. Com a sobrecarga do sistema de Saúde, a situação se torna cada vez mais grave, portanto, é necessário se proteger, para também proteger aqueles que você ama.

Mesmo as pessoas que já se vacinaram precisam ter cuidado, pois, segundo especialistas, quem recebeu o imunizante ainda pode continuar sendo um agente de transmissão da doença. Além disso, a vacinação ainda não contempla a quantidade necessária da população para atingirmos uma imunidade coletiva ao vírus. Ainda temos um longo caminho pela frente.

Nesta situação tão delicada, em que muitos já estão cansados, a ANFIP, preocupada com a saúde de seus associados, orienta que mantenham as medidas necessárias de prevenção contra o coronavírus.

Relembre os cuidados básicos recomendados pelo Ministério da Saúde para se prevenir da doença:

  • Lave com frequência as mãos até a altura dos punhos, com água e sabão, ou então higienize com álcool em gel 70%. Essa frequência deve ser ampliada quando estiver em algum ambiente público ou tocar superfícies e objetos de uso compartilhado.
  • Ao tossir ou espirrar, cubra nariz e boca com lenço ou com a parte interna do cotovelo. Não tocar olhos, nariz, boca ou a máscara de proteção fácil com as mãos não higienizadas.
  • Mantenha distância mínima de 1 (um) metro entre pessoas em lugares públicos e de convívio social. Evite abraços, beijos e apertos de mãos.
  • Higienize com frequência o celular, brinquedos das crianças e outros objetos que são utilizados com frequência.
  • Não compartilhe objetos de uso pessoal como talheres, toalhas, pratos e copos.
  • Mantenha os ambientes limpos e bem ventilados.
  • Se estiver doente, evite contato próximo com outras pessoas, principalmente idosos e doentes crônicos, busque orientação pelos canais on-line disponibilizados pelo SUS ou atendimento nos serviços de saúde e siga as recomendações do profissional de saúde.
  • Durma bem e tenha uma alimentação saudável para manter uma boa imunidade.
  • Recomenda-se a utilização de máscaras em todos os ambientes.  As máscaras de tecido (caseiras/artesanais) não são Equipamentos de Proteção Individual (EPI), mas podem funcionar como uma barreira física, em especial contra a saída de gotículas potencialmente contaminadas.

Se sentir algum dos sintomas da covid-19, procure uma unidade de Saúde. Proteja a você e a quem você ama, siga os protocolos e juntos venceremos esta situação!