ANFIP e MCCE preparam ações relacionadas às eleições de 2022

183

Os representantes das entidades que compõem a rede do Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE) realizaram reunião, em formato híbrido, nesta quarta-feira (25/5), com a finalidade de discutir questões relacionadas às eleições gerais de 2022. O vice-presidente de Assuntos Parlamentares da ANFIP, José Avelino da Silva Neto, participou virtualmente.

Um dos temas abordados foi a parceria entre MCCE e Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para colaborar no processo eleitoral deste ano. Luciano Santos, diretor do Movimento e representante do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (CFOAB), informou os detalhes do encontro com o ministro Luiz Edson Fachin, presidente do TSE, que ocorreu na segunda-feira (23/5). “Apresentamos nossas propostas, sugestões e inquietações. Recebemos do ministro uma acolhida e a proposta de que façamos a assinatura de uma parceria com o TSE. Devemos ter uma agenda para formalizar essa parceria”, disse.

O termo de cooperação tem a finalidade de oficializar a colaboração do MCCE com a Justiça Eleitoral, considerando a fiscalização do processo eleitoral e o combate à desinformação nas campanhas das eleições gerais de 2022. O documento foi sugerido pelo próprio ministro Edson Fachin.

Durante a reunião desta quarta, os dirigentes também trataram sobre a realização da 7ª edição do Seminário Nacional de Juízes, Procuradores, Promotores e Advogados Eleitorais (Senaje). O evento é realizado em anos eleitorais e, em 2022, irá ocorrer em junho, em Brasília. A data, o local e a programação serão divulgados em breve.