Atenção, associado! Nova tentativa de golpe via WhatsApp

1300

Atenção, associados, para a nova tentativa de golpe via WhatsApp! Desta vez, os estelionatários estão se passando pelo ex-presidente da ANFIP, Décio Bruno Lopes, e entrando em contato para solicitar transferência envolvendo as ações da GDAT (Gratificação por Desempenho de Atividade Tributária) e da GIFA (Gratificação de Incremento à Fiscalização e Arrecadação).

A ANFIP reitera que as formas de abordagem dos criminosos, bem como os personagens e nomes dos supostos processos são os mais diversos. Porém, o objetivo é sempre o mesmo: ludibriar o associado na tentativa de receber dinheiro através de transferência bancária. Esses golpes não são raros e servidores públicos, aposentados e pensionistas, são, na maioria, as principais vítimas.

Portanto, fique atento aos diferentes artifícios usados por golpistas. NÃO faça nenhum depósito prévio para liberação de valores de ação. NÃO forneça dados bancários nem informações pessoais por telefone. A ANFIP NÃO liga diretamente para os associados nem envia mensagens pelo WhatsApp ou por qualquer outra rede social para informar sobre valores a receber.

DESCONFIE se receber ligações que envolvam nomes de colegas ou de conselheiros da ANFIP. Caso ocorra, desligue e ligue para o seu colega associado para se certificar da informação. A ANFIP também recomenda que as pessoas façam um Boletim de Ocorrência on-line ou na delegacia mais próxima, pois a Associação não possui competência para tomar qualquer ação de cunho investigativo.