Cadastro no Conecte SUS não é obrigatório para receber a vacina contra a Covid- 19

1653

Segundo o plano nacional de vacinação contra a Covid-19, desenvolvido pelo Ministério da Saúde, não será obrigatório se cadastrar na plataforma Conecte SUS para receber a vacina. No entanto, o cadastro na plataforma gera um QR Code, que agiliza a identificação dos grupos prioritários e facilita o controle das doses já aplicadas. O objetivo é iniciar a vacinação ainda este mês, de acordo com o Ministério.

O documento informa que o cidadão que faz parte dos grupos prioritários elegíveis, mas não tem cadastro, não deixará de ser vacinado. Para obter a vacina será necessário apenas apresentar o Cadastro de Pessoa Física (CPF) ou o Cartão Nacional de Saúde (CNS), para que o profissional de saúde o localize na base de dados do Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunizações (SI-PNI). Entretanto, em caso de ausência do nome do cidadão no sistema, não haverá impedimento para receber a vacina, desde que comprove que integra algum grupo prioritário.

Entre as categorias elencadas como grupos prioritários para a vacinação estão: trabalhadores da área da saúde, idosos, indígenas, comunidades tradicionais ribeirinhas e quilombolas, pessoas com comorbidades específicas, membros das forças de segurança e trabalhadores de transportes coletivos e da educação.

Conecte SUS

O Conecte SUS é um aplicativo do Ministério da Saúde que tem objetivo de unificar dados de saúde dos cidadãos para atendimento no SUS e na rede privada. É possível acessar o sistema pelo site ou pelo aplicativo disponível na App Store ou na Google Play.