Comitê Nacional do MCCE se reúne em Brasília 

O Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE) realizou a 5ª Reunião do Comitê Nacional de 2019, nesta quarta-feira (12/6), em Brasília (DF). O encontro contou com a presença de diversas entidades apoiadoras do movimento, incluindo a ANFIP, representada pelo assessor de Estudos Socioeconômicos, Vilson Antonio Romero.

A reunião foi conduzida pelo diretor do MCCE, Luciano Santos, e abordou assuntos como o Seminário Internacional Fake News e Eleições 2020, realizado nos dias 16 e 17 de maio, e o desdobramento da audiência com o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luis Roberto Barroso, dia 27 de maio.

As discussões também passaram por projetos e campanhas em vigência, como o Projeto de Combate à Desinformação nas Eleições de 2020. “A ideia é descentralizar o discurso dos centros do poder político e realizar seminários em todo o país, com auxílio dos Comitês Estaduais”, disse Luciano Santos.

A entrega do abaixo-assinado, aos ministros do Supremo Tribunal Federal Dias Toffoli e Marco Aurélio Mello, contra o fim dos Conselhos Participativos (Decreto 9.759/19),  também foi debatido no encontro. A ação, ocorrida nesta terça-feira (11/6), tem o objetivo de garantir a pluralidade da democracia participativa no envolvimento de diversos grupos na defesa de seus interesses. Saiba mais aqui sobre o documento que reúne mais  178 mil assinaturas eletrônicas de brasileiros que dizem não ao Decreto 9.759/19.

Como já registrado pelo MCCE, importantes conselhos como o Comitê Nacional de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas (Conatrap), Comissão Nacional de Erradicação do Trabalho Escravo (Conatrae), e outros que trabalham questões como saúde, educação, moradia, meio ambiente, transporte e cultura, por exemplo, poderão ser extintos caso o decreto não seja derrubado.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *