MCCE e TSE firmam parceria no combate à desinformação e à corrupção eleitoral

118

“Esse termo de cooperação se destina ao enfrentamento das notícias falsas, da desinformação, e tem como finalidade principal a prevalência da informação correta e adequada no processo eleitoral”, afirmou o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Edson Fachin, durante a solenidade de assinatura do documento que formaliza a parceria entre o TSE e o Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE), do qual a ANFIP faz parte.

O ato de assinatura do termo ocorreu na terça-feira (19/7), no gabinete da Presidência do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), com a presença do ministro; dos diretores do Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE) Melillo Dinis, Luciano Caparroz Santos e Haroldo Santos Filho; e do presidente da Associação Nacional dos Delegados da Polícia Federal (ADPF), Luciano Soares Leiro.

O ministro afirmou ainda que o Tribunal se sente honrado em formalizar parceria com o MCCE, organização que congrega uma rede com mais de 70 entidades apoiadoras, dentre elas, o Conselho Federal de Contabilidade (CFC) e a ADPF, ambos representados na solenidade.

“Nós estamos aqui representando uma comunhão de interesses, que se volta para duas direções fundamentalmente: à difusão de informações corretas e adequadas sobre o processo eleitoral e, também, ao enfrentamento da própria corrupção eleitoral, vale dizer, a utilização correta dos recursos públicos e, ao mesmo tempo, o zelo, o cuidado que há de se ter com a higidez do processo eleitoral para evitar a deturpação das regras do certame eleitoral”, explicou Edson Fachin.

O ministro destacou as iniciativas previstas no termo de cooperação e ressaltou que o objetivo central dessas ações é despertar e gerar confiança nas cidadãs e nos cidadãos que cuidam do processo eleitoral.

Nota do MCCE

O MCCE aproveitou a ocasião da audiência com o presidente do TSE para entregar ao ministro uma cópia da nota elaborada pela organização, com apoio das entidades que compõem a rede MCCE.

“Nesta nota, nós demonstramos nosso apoio ao sistema eleitoral e à instituição da Justiça Eleitoral (JE), que tem feito um esforço muito grande, mesmo submetida a ataques e desinformações”, afirmou o diretor do MCCE Melillo Dinis ao entregar a nota ao ministro Fachin. Segundo ele, a manifestação divulgada pelo Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral demonstra o comprometimento do MCCE com a Justiça Eleitoral.

O ministro disse que “a nota não poderia ter vindo em melhor hora” e garantiu que a Justiça Eleitoral está voltada para a defesa da institucionalidade democrática, a integridade das eleições brasileiras, a imprescindibilidade do patrimônio democrático, o papel da JE como instituição garantidora da democracia e, ainda mais especialmente, a tolerância política e a legitimação do pensamento divergente para que tenhamos paz e segurança nas eleições

Clique para conhecer a NOTA.

Notícia do TSE

Para conferir a notícia da Assessoria de Comunicação do TSE, clique AQUI.

Com informações do MCCE.