RFB estende prazo para entrega da declaração do IRPF

168

O Ministério da Economia publicou nesta quarta-feira (1°/4) a Instrução Normativa n° 1.930, que prorroga por mais dois meses o prazo para a entrega da declaração de Imposto de Renda de Pessoa Física (IRPF), que terminaria em 30 de abril e, agora, passa a ser até 30 de junho.

Outra mudança anunciada pela instituição é a retirada da exigência de se informar o número constante no recibo de entrega da última declaração de ajuste anual.

Com a alteração do prazo, segundo a RFB, a data do débito automático da 1ª cota passa de 10 de abril para o dia 10 de junho e as datas permitidas para o débito automático das demais cotas passam a ser aquelas compreendidas entre 11 de junho (originalmente era 11 de abril) e o último dia do prazo, agora, dia 30 de junho de 2020.

Apesar disso, o cronograma de restituição será mantido. O primeiro dos cinco lotes continua previsto para 29 de maio e o último será em 30 de setembro.

Em entrevista coletiva, o secretário da  RFB, José Tostes Neto, explicou que o motivo do adiamento é a dificuldade de os contribuintes reunirem os documentos necessários para fazer a declaração, devido às medidas de isolamento social por causa da pandemia da Covid-19.

Acesse AQUI a íntegra a publicação.