Entidades debatem Reforma Administrativa e Precatórios em Assembleia Geral

250

As entidades que integram o Fórum das Carreiras de Estado (Fonacate), entre elas a ANFIP, estiveram reunidas nesta quinta-feira (14/10) para analisar a atual conjuntura política e alinhar estratégias contra as PECs 23/2021, dos Precatórios, e 32/2020, da Reforma Administrativa. O grupo aguarda a decisão do presidente da Câmara, deputado Arthur Lira (PP/AL), sobre qual matéria entrará na pauta da Casa nas próximas semanas.

Conforme a exposição dos presentes, a expectativa é de que Arthur Lira utilize a PEC dos Precatórios como uma forma de mapear o posicionamento dos deputados sobre a Reforma. No entanto, é esperado que a escolha de ambas as matérias gere tensão entre Lira e a base majoritária do Congresso, podendo enfraquecer uma Proposta em detrimento da outra.

O assessor de Estudos Socioeconômicos Vilson Antonio Romero, que representou a ANFIP na ocasião, também trouxe importantes contribuições sobre o posicionamento das entidades e as próximas mobilizações. De acordo com ele, a Associação terá grande parcela nas concentrações dos aeroportos e no Anexo II da Câmara, em Brasília. Além disso, frisou a importância de mapear o posicionamento dos deputados de cada estado, a fim de investir em articulações mais incisivas e focadas nos parlamentares indecisos.

O presidente do Fonacate, Rudinei Marques, aproveitou a oportunidade para anunciar o lançamento, ainda em outubro, de mais três Cadernos da Reforma Administrativa. A nova série diz respeito à financeirização da economia no Brasil e no mundo, “um capital que está descolado da realidade econômica e da vida das pessoas”. Segundo Marques, o material pode dar subsídios para introduzir o debate com mais propriedade, estimulando discussões mais amplas e acessíveis sobre o tema.