Frente Servir Brasil e entidades definem ações contra a Reforma Administrativa

267

O deputado federal Professor Israel Batista (PV/DF), coordenador da Frente Servir Brasil, e os dirigentes das entidades que integram a Frente reuniram-se nesta segunda-feira (28/6) para avaliar o cenário da tramitação da Reforma Administrativa (PEC 32/20) e preparar novas ações contra os prejuízos ao serviço público trazidos pela proposta. Pela ANFIP, participou o assessor de Estudos Socioeconômicos, Vilson Antonio Romero.

Com a definição do plano de trabalho da Comissão Especial, é preciso intensificar as mobilizações. “A Reforma Administrativa é um tema muito árido. Se vocês olharem, o nível das discussões é muito elevado, não é um tema simples”, disse o deputado ao orientar que é preciso alertar também os servidores do “chão da fábrica”. “Esse é o momento de a gente ir para cima mesmo e conseguir alcança-los de alguma forma. O Congresso trata de assuntos que não são simples e a gente precisa trata-los assim mesmo. Então, precisamos fazer esse trabalho de mobilização”, ressaltou o Professor Israel Batista.

Vilson Romero sugeriu que dentre as ações a serem realizadas pelas entidades, é preciso atuar nos estados e municípios, a fim de dar maior visibilidade e de alcançar os parlamentares em suas bases. E também informou que a ANFIP está preparando, e divulgará em breve, um guia com orientações para a mobilização nas redes sociais, com o objetivo de preparar os servidores e a população para um trabalho conjunto e engajado.

Outras estratégias que foram consenso entre os participantes da reunião foram a atuação de forma firme nas redes sociais; produção e envio de conteúdo à imprensa; análise da viabilidade de ações no Judiciário; e o contato direto com os deputados e as deputadas a fim de conseguir o número necessário de assinaturas na Emenda Global à PEC 32/20.