ANFIP apoia reivindicações de servidores da segurança institucional do MPU

113

O agente de segurança institucional do Ministério Público da União (MPU), Laércio Bernardes do Reis, coordenador-geral da Associação Nacional dos Agentes de Segurança Institucional do MPU e CNMP (Agempu) trouxe à ANFIP uma série de reivindicações às quais solicitou apoio institucional e político.

O dirigente foi recebido pelo presidente Vilson Antonio Romero e pelo vice-presidente de Estudos e Assuntos Tributários, Gilberto Pereira, que analisaram os diversos pleitos dos mais de 1.100 servidores públicos que integram a categoria que faz a segurança e o trabalho de inteligência nos Ministérios Públicos do Trabalho (MPT), Federal (MPF), do Distrito Federal e dos Territórios (MPDFT) e Militar (MPM).

A consolidação da presença na Mesa Nacional de Negociação Permanente (MNNP), a regulamentação da negociação coletiva, a fixação da data-base e a defesa das prerrogativas dos ocupantes dos cargos foram alguns dos assuntos debatidos no encontro.

Os conselheiros presentes manifestaram apoio às pautas da categoria, mas também declararam a preocupação dos Auditores Fiscais com as restrições previstas no Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA) 2024 e com o novo conjunto de regras fiscais trazidas pela Lei Complementar 200, de 30 de agosto.