Conselheiros da ANFIP discutem efeitos do coronavírus

171

Diante da rápida proliferação do novo coronavírus no Brasil, o presidente da ANFIP, Décio Bruno Lopes, e os vice-presidentes Eucélia Maria Mergár (Assuntos Fiscais), Maria Beatriz Fernandes Branco (Assuntos Jurídicos), Luiz Mendes Bezerra (Finanças) e Márcio Humberto Gheller (Executivo) reuniram-se na manhã desta terça-feira (17/3), na sede da Associação, em Brasília.

Os dirigentes avaliaram as próximas ações, reuniões e eventos programados pela Entidade diante da posição do Congresso Nacional, divulgada no Diário Oficial da União, que reduz as atividades nas Casas e coloca os grupos de risco em regime de teletrabalho, e também o anúncio pelo governo federal do pacote de medidas contra o Covid-19.

Outro assunto abordado foi a suspensão do ato público que seria realizado pelas entidades do Fonacate, dentre elas a ANFIP, nesta quarta-feira (18/3). O Dia Nacional de Luta em Defesa do Serviço Público e contra a Reforma Administrativa, atendendo às recomendações do Ministério da Saúde e da Organização Mundial de Saúde (OMS), acontecerá, neste momento, apenas pelas redes sociais. As deliberações serão tomadas pelo Conselho Executivo que será contatado por email ainda hoje.

O posicionamento da ANFIP é de que a luta não pode parar, mas que deve ser planejada de maneira cautelosa e respeitando a saúde e a segurança coletivas. Portanto, a Entidade adere à mobilização on-line, por meio da campanha “Twittaço contra o desmonte do serviço público”, nesta quarta-feira (18/3), a partir das 10h, com a hashtag #EmDefesaDoServiçoPúblico.

Acompanhe nas redes sociais da ANFIP!

Twitter

Facebook 

Instagram