ANFIP acompanha debates sobre a legalização dos jogos de azar

93

A ANFIP, por meio da representante da ANFIP-MS, Isabel Nascimento Elias Pereira, participou de um evento contra a legalização de jogos de azar, nesta segunda-feira (30/1), em Campo Grande (MS).

A ocasião contou com a presença de parlamentares de diferentes estados, como o senador Eduardo Girão (Novo/CE), para discutir o Projeto de Lei (PL) 2234/2022, que voltou a ser pautado no Congresso Nacional.

O projeto autoriza o funcionamento de cassinos e bingos, legaliza o jogo do bicho e permite apostas em corridas de cavalos no Brasil. Caso seja aprovado na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania, o PL segue para votação no plenário do Senado.

A ANFIP continua engajada para impedir que projetos como esse avancem, por favorecer a criminalidade, em casos de corrupção, lavagem de dinheiro e tráfico, e estimular o jogo patológico (ludopatia), um quadro de dependência compulsiva que traz consequências psicológicas, sociais e financeiras tanto para o indivíduo quanto, em casos mais graves, para sua família.

Em 2023, a Entidade apoiou, inclusive, a criação da Frente Parlamentar por um Brasil sem Jogos de Azar, onde foram apresentadas notas técnicas constatando que o Brasil não possui ferramentas tecnológicas que garantam a fiscalização eficiente de uma atividade que movimenta tamanho fluxo de dinheiro.

O grupo de parlamentares realizará o ciclo de debates em várias regiões do país. O próximo evento está marcado para o dia 1º de fevereiro, em Minas Gerais.