Representantes de classe debatem pautas eleitorais em reunião do MCCE

189

Na manhã desta quarta-feira (23/2), o presidente da ANFIP, Vilson Antonio Romero, e o vice-presidente de Assuntos Parlamentares, José Avelino da Silva Neto, participaram da 1ª reunião ordinária do Comitê Nacional do Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE).

Durante o encontro, realizado em formato híbrido, os representantes debateram questões envolvendo os ataques à justiça eleitoral; a mudança de gestão do TSE (Tribunal Superior Eleitoral); a participação feminina nos parlamentos; o ingresso do Movimento como amicus curiae nas ADIs (Ações Diretas de Inconstitucionalidade) 6630 (Ficha Limpa) e 7058 (fundo eleitoral); e a produção da Cartilha Eleitoral voltada para as eleições de 2022.

Vilson Romero, que coordena o grupo de trabalho responsável pela Cartilha, frisou o papel das entidades de conscientizar e orientar a população, de modo a mitigar a radicalização política e a desinformação que marcam o ano eleitoral. “A ideia é lançar uma cartilha laica, que não é dirigida a partidos, candidatos ou segmentos econômicos, mas exclusivamente ao eleitorado, no sentido de motivar, incentivar e dialogar sobre a importância da participação no processo eleitoral que se avizinha. Dentro deste foco, queremos deixar claro, através de uma linguagem acessível, que toda e qualquer medida tomada no Congresso Nacional afeta a vida de todo cidadão brasileiro, a fim, também, de evitarmos os votos de cabresto e de compadrio.”, explicou o presidente.