Atenção, associados! Tentativas de golpes continuam sendo aplicadas

298

Associados, a ANFIP reitera a importância de alertar sobre os golpes aplicados por estelionatários. Como já informamos, as maneiras utilizadas pelos criminosos para ludibriar as pessoas são as mais diversas. Por isso, sempre desconfie de ligações e mensagens (e-mail, SMS e WhatsApp) que envolvam depósito bancáriopagamento de boleto do qual a procedência ou o serviço seja desconhecido, bloqueio de cartão de crédito e débito.

O intuito do golpe sempre é fazer que, ao final do processo de convencimento, a vítima realize depósitos e transferências bancárias ou o envio de códigos e senhas. Uma vez que o valor é repassado, as chances de recuperação são mínimas, praticamente inexistentes.

Os golpes mais utilizados estão associados a:

– Fundo de previdência.

– Ações judiciais.

– Falso boleto.

– Falso sequestro.

– Falsas campanhas.

– Amigo ou familiar que sofreu acidente e precisa de dinheiro.

Na última informação que a ANFIP recebeu, uma pessoa entrou em contato se passando por um funcionário do Banco do Brasil, informando terem sido detectadas compras no cartão e que era preciso entrar em contato com o Banco urgentemente, no número que o estelionatário informa, que aparenta ser oficial. A partir do retorno da ligação, os golpistas iniciam as tentativas de obter dados e recursos da vítima.

NÃO FORNEÇA DADOS PESSOAIS em qualquer hipótese e tenha bastante atenção antes de abrir qualquer arquivo em seu celular ou computador, cheque nas páginas oficiais do governo ou de instituições indicadas na mensagem se elas tratam publicamente do conteúdo abordado.

A ANFIP também recomenda que as pessoas façam um Boletim de Ocorrência na delegacia mais próxima, pois a Associação não tem competência para tomar qualquer ação de cunho investigativo.

Fiquem atentos!