Comissão ANFIP do Futuro analisa orientações administrativas e orçamentárias

132

A Comissão ANFIP do Futuro se reuniu, nesta quarta-feira (9/12), para analisar propostas para o fortalecimento da Entidade e para definir o teor de documento com orientações administrativas e orçamentárias para a atual e futuras gestões. A reunião, realizada de forma digital, foi coordenada pelo vice-presidente Executivo, Márcio Humberto Gheller.

Na oportunidade, a vice-presidente de Assuntos Fiscais, Eucélia Maria Agrizzi Mergár, fez a leitura da resolução conjunta que fixa os valores de receitas de mensalidade como limite orçamentário anual e estabelece percentual de despesas com pessoal. O texto foi analisado ponto a ponto pelos participantes para produção da redação final.

“Este grupo está tentando delimitar o caminho para que outros gestores não cometam os desatinos cometidos no passado”, afirmou o vice-presidente de Planejamento e Controle Orçamentário, Carlos Alberto de Souza. Entre os tópicos sugeridos, está a definição de limite para folha de pagamento e medidas a serem adotadas caso se excedam os gastos.

A Comissão é formada por integrantes do Conselho Executivo, do Conselho de Representantes e por associados. Após debatidos pela Comissão, os projetos do grupo serão apresentados aos conselhos da Entidade e, caso aprovados, serão instituídos.

Participaram também da reunião o vice-presidente Ariovaldo Cirelo (Serviços Assistenciais) e Maria Aparecida Fernandes Paes Leme (Relações Públicas), além do vice-presidente da Estadual de Santa Catarina, Floriano José Martins, da presidente da Estadual do Rio de Janeiro, Leila Signorelli, e das associadas Ercília Leitão Bernardo (CE) e Léa Pereira de Mattos (DF).