Fórum Nacional pela Redução da Desigualdade discute estratégias de trabalho

262

O vice-presidente Executivo da ANFIP, Marcio Humberto Gheller, e o assessor de Estudos Socioeconômicos da ANFIP, Vilson Antonio Romero, participaram nesta terça-feira (25/5) da reunião do Fórum Nacional pela Redução da Desigualdade Social no Brasil. O encontro foi coordenado pelo conselheiro e ex-presidente do Conselho Federal de Economia (Cofecon), Wellington Leonardo da Silva, e contou com a presença de dezenas de lideranças de entidades de classe e movimentos sociais, além da associada Rita Felicetti.

A atuação do Fórum está estruturada em cinco eixos: o primeiro consiste em mudar o modelo tributário, com a redução da tributação sobre o consumo e produção, e o aumento sobre a renda e a riqueza; o segundo visa preservar e ampliar os direitos sociais, com a reestruturação da Seguridade Social; o terceiro busca manter e ampliar políticas públicas de valorização do trabalho e educação, ao assegurar os direitos trabalhistas e combater a terceirização; o quarto tem o objetivo de reforçar a função social do Estado; e, o quinto, aborda a ampliação da democracia e da participação social no combate  ao sistema político responsável pela reprodução da desigualdade.

Os representantes discutiram as ações referentes ao eixo de trabalho n° 5. O Fórum realizará, em breve, um webinário para promover o debate sobre a garantia e concretização de direitos sociais a toda população, contribuindo com a definição de propostas e estratégias, tendo em vista entender o escopo da democracia brasileira no que se refere à inclusão social e redução da desigualdade. Entre os principais problemas sociais que precisam ser enfrentados se destacam a favelização, desigualdade alimentar, falta de saneamento básico e dificuldade de acesso à educação. A data de realização do evento ainda não foi definida.

Na oportunidade, Vilson Romero reforçou a necessidade de o Fórum se manifestar externando a preocupação com a importância da distribuição do auxilio emergencial enquanto durar a pandemia.  Os participantes decidiram dar continuidade à criação de um grupo de trabalho que se reunirá posteriormente para a elaboração de estratégias em prol da causa.

O Fórum trabalha ainda na constituição de uma Frente Parlamentar pela Redução da Desigualdade Social no Brasil, o texto do requerimento será aprimorado, e, após a conclusão, será realizado o trabalho parlamentar e registro do requerimento na Câmara dos Deputados.

Segundo o site Brasil Escola, a desigualdade social é a diferença existente entre as diversas classes sociais, levando-se em conta fatores econômicos, educacionais e culturais.