Fórum pela Redução da Desigualdade avalia cenário político

As entidades que integram o Fórum Nacional pela Redução da Desigualdade Social, entre elas a ANFIP, reuniram-se nesta quinta-feira (19/11) para avaliar ações realizadas pelo grupo e debater novas medidas a serem adotadas para devolver ao país o desenvolvimento econômico necessário à toda sociedade.

O assessor de Estudos Socioeconômicos, Vilson Antonio Romero, em decorrência das eleições municipais ocorridas no último domingo (15/11), sugeriu que o Fórum envie uma mensagem aos prefeitos eleitos a fim de apresentar os trabalhos do grupo, mostrar alternativas para o combate à desigualdade e abrir diálogo e parceria com a nova estrutura política que se formata. “Estamos aqui para colaborar para mitigar a tremenda desigualdade. Ao mesmo tempo, nos colocarmos à disposição com algumas alternativas, especialmente envolvendo mudanças na estrutura tributária. Estamos preocupados e estamos buscando soluções”, afirmou.

A associada Rita Felicetti também participou do encontro e concordou que o contato com os eleitos é importante, porque demonstra preocupação do Fórum com a desigualdade que só vem crescendo. “Esse Brasil tão rico, com tantas possibilidades, e a gente só dando recursos para bancos. Quem está protegido no sistema são os bancos. Eles que são os beneficiados. É preciso entender que quanto mais você investe na economia, mais cresce para todo mundo”, disse.

O Fórum foi criado pelo Conselho Federal de Economia, que coordena a Campanha pela Redução da Desigualdade Social no Brasil. Cerca de 30 entidades nacionais e estaduais participam da iniciativa.