MOSAP protesta contra super fundo eleitoral

287

O Movimento Nacional dos Servidores Públicos Aposentados e Pensionistas (Mosap), integrado por diversas entidades, entre elas a ANFIP, enviou a todos os senadores e deputados federais, o Oficio Circular nº 012/2021, manifestando o posicionamento contrário ao “Super Fundo Eleitoral” de R$ 5,7 bilhões, destinados às eleições de 2022.

A sugestão de envio do documento foi aprovada na última reunião do grupo, por iniciativa do assessor de Estudos Socioeconômicos da ANFIP, Vilson Antonio Romero.

Segundo o ofício, não é ética a aprovação de um valor estratosférico de R$ 5,7 bilhões para Fundo Partidário, normalmente, concentrado nas cúpulas partidárias, desprovida de critérios justos de distribuição, impedindo o sucesso de novas candidaturas para a necessária e esperada oxigenação do sistema político no Brasil de hoje.

Leia aqui o documento na integra.