Reforma da Previdência é analisada em live da Cobap

Na manhã desta quarta-feira (21/10), foi realizada mais uma live no Instagram da Confederação Brasileira de Aposentados, Pensionistas e Idosos (Cobap), desta vez abordando o tema “Envelhecimento populacional e os direitos da pessoa idosa” (assista AQUI). O objetivo do evento é levar informações à terceira idade, que está se inserindo, cada vez mais, no meio virtual. Para tratar da pauta, foi convidado o secretário de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos do Rio Grande do Sul, Mauro Hauschild, também ex-ministro da Previdência. O assessor de Estudos Socioeconômicos, Vilson Antonio Romero, acompanhou o evento representando a ANFIP.

Em sua exposição, Mauro Hauschild comentou sobre os desafios dos cidadãos de idade mais avançada diante das mudanças advindas da EC 103/2019, sobretudo nas regras de concessão da aposentadoria e dos benefícios previdenciários. “Uma das preocupações que devemos ter no momento é permitir que a população idosa – principalmente os que estão numa faixa próxima à aposentadoria, mas que ainda não adquiriram todas as condições – possa ter algum tipo de preferência para a continuidade ou retorno ao mercado de trabalho”, afirmou.

Segundo ele, se não ocorrer a garantia de emprego nestes casos, especialmente nos casos de transição, o problema do gasto público apontado pelo governo federal não será solucionado. “É necessário pensar em políticas de ação que permitam a continuidade da contribuição, senão ocorrerá o aumento do custo da Assistência Social ou a formação de uma grande massa de desempregados. Este é o grande desafio”, completou.

O secretário citou ainda o fundamental papel das entidades de classe durante os processos de consolidação, defesa e proteção dos direitos da pessoa idosa, com atuação intensificada durante o período de pandemia. Neste sentido, Hauschild cumprimentou e convidou a ANFIP para futuros debates e colaborações na construção de políticas e na luta a favor dos idosos, aposentados e pensionistas.