Seminário em Ribeirão Preto discute a PEC 6/2019

127

No último sábado (11/05), a Câmara Municipal de Ribeirão Preto (SP) recebeu o Seminário Estadual Contra a Reforma da Previdência. O evento promoveu um amplo debate sobre a PEC 6/2019, em tramitação na Câmara dos Deputados.

Além da participação e apoio de mais de oito parlamentares, o evento contou com a mobilização de entidades como a ANFIP, representada pelo presidente Floriano Martins de Sá Neto, da Fenafisco (Fisco Estadual e Distrital), com participação do presidente Charles Alcântara, Centrais Sindicais, Movimentos Sociais e do Movimento dos Trabalhos Rurais Sem Terra (MST).

Floriano de Sá Neto, destacou pontos críticos da reforma da Previdência proposta pelo governo e apresentou o projeto da Reforma Tributária Solidária, desenvolvida em conjunto com a Fenafisco. A construção da proposta tributária contou com a participação de mais de 40 especialistas e realiza um amplo diagnóstico sobre a tributação brasileira, com proposição de medidas que possibilitem uma reforma justa e solidária.

Para o presidente da ANFIP, a maior urgência do país é promover uma reforma Tributária e não uma reforma que desmonte o sistema previdenciário brasileiro. “A discussão deve ser do ponto de vista da receita e não apenas das despesas, como quer o governo. O país enfrenta um baixo crescimento econômico, agravado por uma política tributária regressiva, que promove a desigualdade social e a injustiça fiscal no país”, explica.

Ao final do seminário, os participantes redigiram a Carta de Ribeirão Preto, um manifesto contra a Reforma da Previdência com o intuito de esclarecer à população sobre os efeitos nefastos da proposta do governo.

Confira a carta assinada pelas entidades na íntegra:

Carta de Ribeirão Preto-OK