ANFIP participa de ato dos servidores públicos no Dia do Aposentado

145

A ANFIP, juntamente com outras entidades sindicais e associativas, participou de uma manifestação em frente ao Palácio do Planalto, na manhã de quarta-feira (24/1), Dia Nacional dos Aposentados e data que marca os 101 anos da Previdência Social. O ato contou com a participação de inúmeros servidores públicos, que apresentaram cartazes e palavras de ordem em defesa dos direitos das categorias.

Entre as reivindicações, o grupo pressiona o governo para reajustar o vencimento básico ainda em 2024, considerando a proposta enviada pelo Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos (MGI) de aumentar apenas os auxílios (saúde, alimentação e creche).

A proposta do governo afasta qualquer recomposição do poder aquisitivo diante das perdas inflacionárias acumuladas, e os benefícios não são estendidos aos aposentados nem aos pensionistas. Diante disso, os dirigentes estão articulando reuniões com parlamentares, bem como audiências com os ministros da Gestão e da Inovação, Esther Dweck; do Planejamento e Orçamento, Simone Tebet; e da Previdência Social, Carlos Lupi.

Na parte da tarde, dando continuidade às atividades, os servidores públicos participaram de plenária na Câmara dos Deputados, na qual foram apresentados, dentre outros, os pleitos dos Auditores Fiscais aposentados. Na ocasião, a deputada Erika Kokay (PT/DF) criticou a cobrança da contribuição previdenciária dos servidores públicos aposentados e pensionistas.

“É inadmissível que nós tenhamos, depois de tantos anos de contribuição, a própria aposentadoria restrita. É como se fosse um confisco. Na minha avaliação, nós temos que discutir”, disse a parlamentar. O vice-presidente de Assuntos Fiscais, Crésio Pereira de Freitas, também se pronunciou, em nome da ANFIP.

Pela Associação, participaram vice-presidentes de diversas áreas e conselheiros e associados de vários estados.