Receita Federal e Polícia Federal apreendem 892 Kg de cocaína em ação coordenada em Santos

142

A Receita Federal frustrou, no 31/3, a tentativa de envio ao exterior de, aproximadamente, 892 kg de cocaína no Porto de Santos. A droga estava oculta no meio de uma carga de 20 toneladas de café em sacas, de forma a dificultar sua localização.

A carga vistoriada, que tinha como destino o porto de Hamburgo, na Alemanha, foi selecionada pela área de Gestão de Riscos da Receita Federal, que analisou operações de exportação e imagens de escâneres. Um cão de faro foi utilizado durante a inspeção. Um dos fatores que chamaram a atenção da Fiscalização da Receita Federal foi o mal estado do contêiner utilizado para o transporte da carga, que é de alto valor agregado.

Os trabalhos desenvolvidos na operação fazem parte das ações de vigilância e repressão a ilícitos aduaneiros realizadas pela Receita Federal, reforçando a presença fiscal e aumentando a percepção de risco.

Após a localização da droga, a Polícia Federal foi acionada para realizar o trabalho de perícia no local e participar, de forma integrada, do restante da operação. A droga apreendida ficará sob guarda da Polícia Federal, que prosseguirá com as investigações a partir de informações da Receita Federal. A troca de informações entre as Instituições é essencial para a abertura de um novo inquérito policial ou para trazer novos elementos para os que estão em curso.

Esta foi a segunda localização de cocaína no Porto de Santos esta semana. No dia 29/3, a Receita Federal localizou 47 kg da droga em um carregamento de limões. Na ocasião, a cocaína estava escondida na estrutura de um contêiner refrigerado.

Clique aqui para ter acesso a fotos e vídeos.

Fonte: Receita Federal/ Gov.br