Entidades do Fisco se mobilizam em defesa das atividades da RFB

302

As entidades que representam as carreiras do Fisco reuniram-se nesta quarta-feira (10/3), em formato virtual, com o vice-presidente da Câmara, deputado Marcelo Ramos (PL/AM), para analisar a tramitação da proposta de Reforma Tributária e os destaques apresentados ao texto da PEC Emergencial (PEC 186/19).

Pela ANFIP, participaram o presidente Décio Bruno Lopes e o assessor de Estudos Socioeconômicos, Vilson Antonio Romero. A reunião foi coordenada pelo ex-deputado federal e consultor do grupo, Luiz Carlos Hauly.

Sobre a PEC 110/19, que é uma das propostas em tramitação que apresenta mudanças no sistema tributário brasileiro, o deputado Marcelo Ramos diz ser simpático à matéria, diferentemente da PEC 45/19, que ele considera ser “uma aventura”. “Eu e Lira [deputado Arthur Lira, presidente da Câmara] achamos que a PEC 110 atende mais a realidade brasileira”, declarou.

No entanto, o parlamentar se colocou à disposição para apoiar as carreiras do Fisco em outras demandas que se fizerem necessárias. “Se eu puder ser interlocutor [de vocês] com o governo, me coloco à disposição”, disse o deputado.

Ainda na reunião, os dirigentes avaliaram a PEC 186/19 (PEC Emergencial), que foi aprovada em 1º turno, na madrugada desta quarta-feira (10/3). Num esforço conjunto, as entidades promoveram, durante todo o dia, uma intensa mobilização a fim de contatar os parlamentares e sensibilizá-los a votarem a favor do Destaque nº 4, apresentado pelo PDT, que impede as mudanças na PEC,  com graves consequências para as atividades da Receita Federal do Brasil e da Administração Tributária.