Frente do Serviço Público se reúne para discutir pautas do Congresso Nacional

205

As entidades que integram a Frente Parlamentar Mista em Defesa do Serviço Público se reuniram nesta segunda-feira (25/10) para discutir as pautas em andamento no Congresso Nacional que afetam os servidores. Pela ANFIP, estiveram presentes o vice-presidente de Política de Classe e Política Salarial, José Arinaldo Gonçalves Ferreira, e o assessor de Estudos Socioeconômicos, Vilson Antonio Romero.

Segundo o coordenador da Frente, deputado Rogério Correia (PT/MG), a PEC 32/20 (Reforma Administrativa) não deve ser pautada nesta semana, pois entre as prioridades da Câmara para o período estão a PEC 23/21 (Precatórios) e a aprovação do Auxílio Brasil.

O deputado criticou o fato de o governo utilizar diversas estratégias de desmonte do Estado, como as PECs já citadas, e a privatização da Petrobrás como uma necessidade para viabilizar o pagamento do auxílio, quando deveria encontrar outras formas de financiar o benefício. As entidades defendem o pagamento de auxílio e a redução das desigualdades, porém também discordam das medidas tomadas pelo governo.

Vilson Romero reforçou que é indispensável que as entidades prossigam com as mobilizações contra a Reforma Administrativa. “Funcionou muito bem na semana passada, é importante continuarmos nas redes sociais com mensagens, vídeos e cards, e com os corredores nos aeroportos”, disse.

Durante os próximos dias, as entidades estarão presentes nos aeroportos e na Câmara dos Deputados. As atividades serão intensificadas na quinta-feira (28/10), data em que é comemorado o Dia do Servidor Público. As lideranças de oposição da Câmara também fizeram um requerimento de instalação de uma Comissão Geral, também em função da data, para discutir questões de interesse dos servidores, com a participação das entidades. Os representantes aguardam a resposta da solicitação.