Auditores Fiscais se mobilizam no Rio de Janeiro

226

A ANFIP está participando de mobilizações dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil (RFB), definidas em Assembleia em defesa do cumprimento integral do Fundo Especial de Desenvolvimento e Aperfeiçoamento das Atividades de Fiscalização (Fundaf) e de correções no texto do Decreto n° 11.545/2023, referente ao Comitê Gestor do Programa de Produtividade da RFB.

O calendário aprovado inclui operação-padrão na Zona Primária e apagão na Zona Secundária toda quinta e sexta-feira do mês de outubro. As atividades seguem até novembro, quando as ações serão intensificadas para três dias por semana, com greve a partir do dia 20. Caso a greve seja deflagrada, mais de 150 mil passageiros poderão ser afetados por mês.

As últimas ações ocorreram nos dias 19 e 20 de outubro, no Rio de Janeiro. A operação foi feita no setor de bagagens do Aeroporto Tom Jobim/Galeão, com vistoria nas malas antes de seguirem para a esteira, o que gerou filas no saguão. No Porto de Itaguaí, houve a intensificação da vistoria nos veículos, formando também longas filas.

Ocorreu ainda um ato público no Porto do Rio de Janeiro. Além da ANFIP, participaram Denise Esteves (delegada da DRF2); Rosana Escudero (chefe da Assessoria Técnica do Porto); Paulo Werneck (Abafia); Alexandre Teixeira (Auditor Fiscal) e Alex Figueiredo (coordenador do CRM-07 e do CLM-RJ), do Sindifisco Nacional; Wilson Libutti e André Trajano (DS/Santos); Luiz Fernando Del-Penho (presidente da DS/Rio) e Artur Mattar (diretor de Defesa Profissional da DS/Rio); bem como associados e representantes de diferentes unidades da Receita Federal.

Com informações do Sindifisco. 

Ato público no Porto do Rio de Janeiro