Golpe da GDAT: criminosos tentam ludibriar aposentados e pensionistas 

393

Atenção, associados, a ANFIP alerta sobre nova tentativa de golpe realizada nesta semana, em Santa Catarina. Uma associada recebeu a ligação de um suposto advogado, que dizia falar em nome da ANFIP, sobre a ação da GDAT. Na conversa, o homem relatou que os valores da Gratificação haviam sido liberados, sendo assim, a associada deveria entrar em contato com o número de um procurador da República, o qual ele iria repassar, para que o depósito do valor da ação fosse realizado. Atenta aos golpes, a nossa associada informou que entraria em contato com a ANFIP Santa Catarina, momento em que a ligação foi encerrada de forma abrupta.

A ANFIP reitera que as formas de abordagem, as histórias ou o nome do “processo” são os mais diversos. Porém, o objetivo é sempre o mesmo, ludibriar o associado na tentativa de receber dinheiro através de transferência bancária. Esses golpes não são raros e servidores públicos, aposentados e pensionistas, são, na maioria, as principais vítimas.

Portanto, associado, fique atento aos diferentes artifícios usados por golpistas. NÃO faça nenhum depósito prévio para liberação de valores de ação. NÃO forneça dados bancários nem informações pessoais por telefone. A ANFIP NÃO liga diretamente para os associados nem envia mensagens pelo WhatsApp ou por qualquer outra rede social para informar sobre valores a receber.

DESCONFIE se receber ligações que envolvam nomes de colegas ou de conselheiros da ANFIP. Se acontecer, desligue e ligue para o seu colega associado para se certificar da informação. A ANFIP também recomenda que as pessoas façam um Boletim de Ocorrência na delegacia mais próxima, pois a Associação não tem competência para tomar qualquer ação de cunho investigativo.