XXIX CNO: Antropóloga fala sobre empoderamento e cuidados emocionais

206

A XXIX Convenção Nacional da ANFIP recebeu no domingo (24/9) a antropóloga e colunista da Folha de S.Paulo, Mirian Goldenberg, que fez a palestra “De perto ninguém é normal”. A vice-presidente de Cultura Profissional e Relações Interassociativas, Albenize Gatto Cerqueira, recepcionou a convidada, que fez sua apresentação de forma virtual.

Goldenberg falou sobre o processo de envelhecimento e como os brasileiros, especialmente as mulheres, não estão preparados emocionalmente para esse processo natural da vida. Em suas pesquisas por vários países, a palestrante revelou que, no Brasil, as pessoas têm muito medo de envelhecer e, por isso, acabam antecipando sofrimentos desnecessários.

Para encorajar as mulheres a tomarem posse de suas virtudes e vontades, Goldenberg deu várias dicas importantes, entre elas a de não se autocriticarem em excesso. A autocrítica, somada à crítica social, muitas vezes vinda da própria família, impede o crescimento pessoal e profissional. Para a antropóloga, muitas mulheres precisam ignorar o que dizem e a própria mente para fazer o que de fato têm vontade.

A palestra completa pode ser conferida na TV ANFIP, para acessar, clique aqui.