ANFIP Solidária: Faça sua doação incentivada e deduza no IRPF 2021

397

Você quer fazer uma boa ação ainda este ano? A ANFIP tem uma importante dica. Até o dia 31 de dezembro, você pode fazer isso por meio de doações incentivadas, que são feitas a fundos e projetos previamente aprovados pelo Poder Público. Isso quer dizer que você pode fazer doações para Fundos dos Direitos da Criança e do Adolescente e Fundos dos Idosos, até o limite de 6%, e deduzir na declaração do Imposto de Renda de 2021.

Ao fazer doações incentivadas e lançá-las na declaração, você garante que parte do imposto de renda que você pagou seja destinado ao programa social beneficiado. Podem efetuar destinações incentivadas tanto as pessoas físicas que têm imposto a pagar como aquelas que têm direito à restituição. O valor doado, portanto, retorna para você na restituição ou é abatido do valor de imposto a pagar, se houver. Isso significa que, para aproveitar a dedução já na declaração de imposto de renda 2021, no modelo completo, você precisa fazer uma doação incentivada agora.

Como aproveitar a dedução

O contribuinte precisa, ao preencher a declaração nos meses de março e abril, informar no campo “doações efetuadas”, que realizou a doação ao longo do ano fiscal e deve apontar para qual Fundo fez a doação, indicando o valor total e o CNPJ.

Ao proceder dessa forma, a Receita Federal fará a restituição integral, dentro do limite de 1% (pessoa jurídica) e 6% (pessoa física). Ou seja, caso você doe ainda em 2020, você deverá informar a quantia na hora de preencher a declaração de imposto de renda 2021.

Doe solidariedade! Ainda dá tempo!