Fundação Viva de Previdência explica resultados do último semestre

237

A ANFIP participou nesta terça-feira (7/7) de uma reunião virtual com os Conselhos Deliberativo e Fiscal e com a Diretoria Executiva da Fundação Viva de Previdência (VivaPrev), da qual é instituidora. Participaram do encontro os vice-presidentes Márcio Humberto Gheller (Executivo) e Crésio Pereira de Freitas (Assuntos de Seguridade Social).

O encontro teve o propósito de apresentar informações sobre os planos e investimentos e expor como a VivaPrev tem conduzido os processos neste momento de crise econômica causada pela pandemia de Covid-19.

De acordo com Silas Devai Júnior, diretor-presidente da VivaPrev, apesar de a crise ter gerado uma queda de ganhos em março, o cenário financeiro teve mudanças significativas e, a partir de abril, houve a recuperação de ganhos em todos os meses. O diretor afirmou ainda que mesmo ocorrendo várias crises intensas no país, em outras ocasiões a entidade manteve resultados consistentes em longo prazo devido às estratégias utilizadas.

Ao ser questionado por Crésio Freitas sobre as ações que serão tomadas para manter os ganhos nos investimentos, o diretor afirmou que o mercado financeiro está em um momento instável, portanto, é importante agir com cautela, porém, segundo Silas Devai, a entidade continuará buscando novas estratégias para obter ganhos. “A perspectiva é continuar crescendo. O resultado a longo prazo sempre foi consistente, a carteira de investimentos resistiu bem a esta etapa e esperamos também que o segundo semestre e o próximo ano sejam de recuperação”, afirmou.

A Fundação é uma Entidade de Previdência Complementar Fechada multipatrocinada e multi-instituída, sem fins lucrativos e com autonomia patrimonial, administrativa e financeira. Atualmente, administra os planos Viva Pecúlio,  Viva Empresarial  e Viva Futuro.

Também esteve presente na reunião o Auditor Fiscal Jorge Cesar, associado da ANFIP e membro do Conselho Fiscal da VivaPrev.