Entidades fazem análise de conjuntura em reunião da ACD

225

Nesta sexta-feira (18/2), o Conselho Político da Auditoria Cidadã da Dívida reuniu, virtualmente, diversas entidades representativas de servidores públicos para analisar a atual conjuntura política. Pela ANFIP, participaram o presidente, Vilson Romero; a vice-presidente de Comunicação Social, Marluce Soares; e a associada Rita Feliccetti.

Em conjunto, considerando o contexto de crise sanitária e a situação socioeconômica do país, foram debatidas pautas relacionadas à dívida pública; inflação e juros; agravamento da desigualdade social; tramitação de propostas no Congresso Nacional; e o movimento em defesa recomposição salarial das categorias do funcionalismo público. O encontro foi conduzido pela coordenadora-geral da ACD, Maria Lúcia Fattorelli.

Em sua exposição, Maria Lúcia aproveitou para lembrar os representantes que a ACD continua sendo uma entidade suprapartidária, que atua em prol da transparência e da união entre as entidades de classe e a sociedade, por um país mais justo e menos desigual. “Precisamos fazer uma luta unificada. As entidades são o elo entre os servidores e a sociedade. Temos uma grande responsabilidade”, reiterou a coordenadora.