Trajetória da ANFIP-PB em seus 34 anos de existência

51

Em 7 de novembro de 1985, os fiscais de Contribuições Previdenciárias do Instituto de Administração Financeira da Previdência e Assistência Social – IAPAS na Paraíba, atendendo a convocação do representante dos Fiscais de Contribuições Previdenciárias Geraldo Nicolau Baptista de Melo, reuniram-se no auditório do IAPAS, na Avenida Getúlio Vargas, nº 47, 12º andar, em João Pessoa, e decidiram criar a Associação Paraibana dos Fiscais de Contribuições Previdenciárias – APFIP com a finalidade de defender os direitos dos associados e, na oportunidade, os presentes deliberaram ainda sobre a aprovação do Estatuto da entidade, a escolha e posse de uma Diretoria Executiva para administrar provisoriamente a APFIP, a definição da data para realização da primeira eleição para escolha da Diretoria Executiva, realizada na segunda quinzena de junho de 1986, e a posse dos eleitos em 1º de julho do mesmo ano.

Na reunião de 7 de novembro de 1985, foram formadas duas chapas e, por aclamação, foi escolhida a Chapa 1, formada pelos fiscais a seguir, que ocuparam os seguintes cargos: Diretoria Executiva Provisória: Presidente: Geraldo Nicolau Baptista de Mello (1985/1986); Secretaria: Dalva Soares de Araújo; Tesouraria: Maria da Penha Almeida; Diretor de Relações Públicas: Dijanete de Souza Lima; Diretor de Patrimônio: Otaviano Braz Filho. Também foi escolhido um Conselho Fiscal formado pelos fiscais: Antonio Fernando da Silva, José Batista Dias Novo e Irene da Conceição de Freitas, como titulares e como suplentes: Robert Jubert, José Avelino da Silva Neto e José Gilberto de Almeida. Esta primeira Diretoria Executiva foi imediatamente empossada e administrou provisoriamente a APFIP de 7 de novembro de 1985, data de sua criação, até 30 de junho de 1986.

A princípio, contando com um número pequeno de associados, funcionou em uma sala cedida pelo IAPAS. Em dia 1º de julho de 1988 foi inaugurada a sede da regional, cedida pelo INSS em regime de comodato. No mesmo ano, a Estadual editou o primeiro informativo, chamado “Jornal da Modernidade”, e a criou um time de futebol de salão, com participação em jogos internos e em outros Estados. Em 1994, na presidência de José Avelino da Silva Neto, foi adquirida a sede administrativa onde funciona até hoje e, em 1990, com a iniciativa dos associados e a colaboração financeira de alguns e da ANFIP, teve início a construção de uma sede recreativa na praia de Carapibus, município de Conde/PB, que foi inaugurada em 1992 e ainda atende os associados.

Ao primeiro presidente, Geraldo Nicolau Baptista de Melo (11/1985 a 6/1986), sucederam José Avelino da Silva Neto (7/1986 a 6/1990 – 7/1992 a 6/1996), Eronides de Souza Pontes (7/1990 a 6/1992), Dijanete de Sousa Lima (7/1997 a 6/2001 7/2013 a 6/2017), Evando Ricardo da Silva (7/2001 a 6/2005), Maria Janeide da Costa Rodrigues e Silva (7/2005 a 6/2009), Lucimar Ramos de Lima Ramalho (7/2009 a 6/2013), Maria dos Remédios Bandeira (7/2017 a 12/2019).

Desde sua fundação, a nomenclatura inicial da Associação Paraibana dos Fiscais de Contribuições Previdenciárias – APFIP sofreu algumas mudanças. Com a criação da carreira de auditoria passou a chamar-se Associação Paraibana dos Auditores Fiscais da Previdência Social. Em 2007, com a unificação das Secretarias da Receita Previdenciária e Receita Federal, recebeu a denominação de APFIP Associação Paraibana dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil e, em 2018, aderindo ao projeto da ANFIP Nacional de unificar a nomenclatura e logomarca das unidades estaduais, foi adotada a nomenclatura ANFIP-PB – Associação dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil no Estado da Paraíba.

Em 7 de novembro de 2019, completados 34 anos de existência, esta Associação escreve a sua história contando com o trabalho abnegado dos colegas que a dirigiram e que, dando o melhor de cada um, contribuíram  para fortalecer a ANFIP-PB e ampliar e modernizar sua sede administrativa, bem como no trabalho incansável para proteger os direitos dos seus associados, assistência aos seus dependentes e, paralelamente, desenvolvendo um trabalho no sentido de manter sempre acesa a chama associativa, oferecendo aos seus associados oportunidades de participar de encontros, quer em suas reuniões mensais, comemorações de aniversários, sua tradicional festa junina, confraternizações natalinas, viagens turísticas e de participação em eventos da ANFIP Nacional e das associações estaduais.

Também faz parte de sua história a realização da XV Convenção Nacional em 1995, do III e do XII Encontro do Nordeste, realizados em João Pessoa, nos anos de 2011 e 2019, respectivamente, que oportunizaram um grande momento de debate de assuntos de interesse dos Auditores Fiscais e de congraçamento entre os associados da ANFIP Nacional.  Estes certamente foram o nosso maior desafio, e que, graças aos esforços de todos os associados, se concretizaram com o maior sucesso.

Em toda sua trajetória, associados da ANFIP-PB têm participado efetivamente em várias gestões dos Conselhos Executivo, Representante e Fiscal da ANFIP Nacional e da Fundação ANFIP, e em muitas comissões de trabalho a nível nacional para as quais são convocados pela ANFIP. No Conselho Executivo, havia uma política de que só o compunha os Estados do Sul e Sudeste em razão da proximidade com a sede da ANFIP, que ficava no Rio de Janeiro, e a entidade não tinha condições financeiras para arcar com o deslocamento dos colegas dos Estados do Norte e Nordeste, mas aos poucos esta resistência foi sendo quebrada e a ANFIP-PB passou a integrar o Conselho, com os associados Dijanete de Souza Lima, José Avelino da Silva Neto e João Laercio Gagliardi Fernandes. No Conselho Fiscal muitos de seus associados tiveram participação ao longo da trajetória da ANFIP-PB, como: Eliel Lopes de Medeiros, Mário Araújo, Aderbal Cavalcante, Geraldo Nicolau, José Avelino da Silva Neto. No Conselho de Representantes, como membros da Mesa de Coordenação, participaram os presidentes da APFIP/ANFIP-PB José Avelino da Silva Neto, Lucimar Ramos de Lima Ramalho, Maria Janeide da Costa Rodrigues e Silva e Maria dos Remédios Bandeira.   Na Fundação ANFIP, as associadas Maria Janeide da Costa Rodrigues e Silva e Mara Rubia Alves Correia.

A ANFIP-PB atualmente é composta por 116 associados, dentre eles, 75 Auditores Fiscais ativos e aposentados e de 41 pensionistas. Esta associação tem escrito a sua história com luta, dinamismo, união e realizações, contando com o trabalho abnegado de colegas que a dirigiram, dando o melhor de cada um para o seu fortalecimento, buscando proteger os direitos dos seus associados, quer em melhores condições de trabalho, quer na busca de consolidar uma remuneração justa e digna para a carreira, oferecendo segurança no exercício de suas funções e assistência aos seus dependentes e continuará sempre aberta às mudanças e pronta para novas lutas em prol do associado para assim permanecer escrevendo sua história.